As vantagens da argila medicinal
25/01/2021
Argilas clareadoras para pele: conheça!
09/02/2021

Argila verde se torna um remédio alternativo no combate a micose na unha

Por mais que a medicina tenha avançado, alguns métodos de tratamento ainda são muito evasivos e desconfortáveis.

Os recursos esteticamente agradáveis é algo pelo qual a maioria de nós se esforça. É por isso que é tão difícil lidar com doenças de pele e infecções que não apenas afetam sua beleza, mas também têm um efeito significativo em sua vida diária. O fungo da unha do pé é uma dessas infecções de pele que requer intervenção precoce.

O que é esse fungo?

A micose de unha, é uma infecção causada por fungos nas unhas e é muito comum de acontecer. Ela ocorre em acerca de 10% da população adulta.

Seu nome científico é onicomicose. A onicomicose não requer necessariamente um tratamento.

Os seus sintomas são uma descoloração da unha branca ou amarela, espessamento da unha e separação da unha de seu leito ungueal. O sintoma mais comum de uma infecção fúngica das unhas é a unha tornando-se espessa e descolorida: branca, preta, amarela ou verde.

Os patógenos causadores da onicomicose estão em todos no reino dos fungos e incluem dermatófitos, Candida (leveduras) e fungos não dermatófitos.

Quando a onicomicose é devida a uma infecção dermatófita, é denominada tinea unguium. Outros patógenos causadores incluem Candida e fungos não dermatófitos, em particular membros do gênero de fungos Scytalidium (nome alterado recentemente para Neoscytalidium), Scopulariopsis e Aspergillus.

Outros fungos afetam mais comumente pessoas com mais de 60 anos, e sua presença na unha reflete um leve enfraquecimento na capacidade da unha de se defender contra a invasão de fungos.

O envelhecimento é o fator de risco mais comum para onicomicose devido à diminuição da circulação sanguínea, maior exposição a fungos e unhas que crescem mais lentamente e engrossam, aumentando a suscetibilidade à infecção. O diagnóstico geralmente é suspeitado com base na aparência e confirmado por testes laboratoriais.

Em muitos casos de suspeita de fungos nas unhas, na verdade não há infecção fúngica, mas apenas deformidades nas unhas. Para evitar diagnósticos incorretos como psoríase ungueal, líquen plano, dermatite de contato, tumores do leito ungueal, como melanoma, trauma ou síndrome das unhas amarelas, podem ser necessária a confirmação laboratorial.

Outras condições que podem parecer semelhantes à onicomicose incluem: psoríase, envelhecimento normal, síndrome das unhas amarelas e paroníquia crônica.

A maioria dos tratamentos é feita com medicamentos antifúngicos por via tópica ou oral.

Os agentes tópicos incluem ciclopirox tinta para unhas, amorolfina e efinaconazol. Os medicamentos que podem ser tomados por via oral incluem terbinafina (76% eficaz), itraconazol (60% eficaz) e fluconazol (48% eficaz).

Mas é exatamente disso que queremos falar hoje, há outras alternativas naturais e bem menos invasivas de tratar a micose.

A primeira resposta após a detecção é resolver o problema com alguns cremes de venda livre.

Mas quando alguém fica desapontado com esses medicamentos convencionais, eles procuram o melhor remédio natural. Se você também está lidando com fungos nas unhas dos pés e já farto de tratamentos tópicos, precisa seguir em frente para o melhor remédio caseiro: a argila verde.

O que é argila verde?

Muito simplesmente, a argila verde é um tipo de argila. O nome descreve a cor da argila, que vem de sua combinação de óxidos de ferro e matéria decomposta, normalmente algas ou clorofila. Quanto mais verde vibrante é a argila, mais valiosa ela é considerada.

Além dos componentes que dão à argila verde sua coloração, a argila contém muitos outros minerais residuais. Isso inclui: montmorilonita, dolomite, magnésio, cálcio, potássio, manganês, fósforo, alumínio, silício, zinco, cobalto, cobre, selênio.

E por causa disso ela é uma argila natural utilizada pelos seus benefícios medicinais e cosméticos.

Você pode usá-la para fazer máscaras capilares, tratar erupções cutâneas e acne, mas o melhor benefício que a argila bentonita oferece é o alívio de fungos nos pés.

Existem várias maneiras de usar argila verde para se livrar do fungo das unhas. Uma delas é fazer remédios caseiros com a argila natural para curar o fungo das unhas dos pés.

Contanto que você adicione os ingredientes certos e use argila verde com moderação, você pode finalmente se despedir do fungo do pé e apreciar a vista de seus lindos pés novamente!

Como ela funciona?

A argila verde absorve, atrai partículas, como sujeira em sua pele. Ela tem uma alta capacidade de troca catiônica.

Usando a argila verde para fungo nos pés.

O processo é simples e fácil, mas primeiro você terá que preparar a área infectada para o tratamento.

  1. Antes de começar, esterilize o cortador de unhas e o lixador de unhas e certifique-se de que estejam secos.
  2. Lave as mãos e a área afetada com sabonete antibacteriano e seque-as também.
  3. Vá o mais próximo possível do leito ungueal.

(Lembre-se de que remover o máximo possível da unha infectada aumentará a eficácia do tratamento.)

  1. Em seguida, pegue o lixador de unha esterilizado e remova a unha afetada restante, lixando-a completamente.

(Dica importante: se você tiver que tratar mais de uma unha, certifique-se de esterilizar as ferramentas ou pelo menos lave-as bem após cortar cada unha.)

  1. Depois de mergulhar, misture 1 – 2 colheres de sopa de argila bentonita e ½ colher de chá de pó de pimenta de Caiena em uma tigela.
  2. Adicione duas gotas de canela, cravo e óleo essencial de olíbano e misture bem.

(Lembre-se sempre de lavar e secar as mãos antes e depois de usar o pó.)

  1. Siga o remédio por uma semana e você verá uma diferença considerável.

Agora você sabe tudo o que há para saber sobre a argila verde e como ela pode ajudá-lo a ter uma vida mais saudável.

Dê uma chance para ter certeza de que suas doenças de pele, como fungos nas unhas, não governem sua vida.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *