Máscara de argila verde para homens – Cuidados Faciais
24/12/2020
Argila verde se torna um remédio alternativo no combate a micose na unha
01/02/2021

As vantagens da argila medicinal

Argilas são materiais terrosos, de granulação fina, formadas quimicamente por silicatos hidratados de alumínio, ferro e magnésio.

O uso da argila medicinal na medicina popular vem desde os tempos pré-históricos.

Uma grande variedade de argilas é usada para fins medicinais, principalmente para aplicações externas, como os banhos de argila em spas de saúde.

O primeiro uso registrado de argila medicinal está em tabuletas de argila da Mesopotâmia por volta de 2500 a.C.

O papiro Ebers de cerca de 1550 a.c., é um texto médico muito importante do antigo Egito que mostra essa tradição muitos séculos antes. Esta foi uma argila usada na Antiguidade Clássica.

Um médico famoso na antiguidade, Galeno, registrou numerosos casos de usos internos e externos dessa argila em seus documentos sobre a terapia com argila.

A argila também foi prescrita pelo obstetra, ginecologista e pediatra romano Sorano de Éfeso, que praticava medicina por volta de 100-140 DC. Na Pérsia medieval, Avicena, o ‘Príncipe dos Médicos’, escreveu sobre a terapia com argila em seus numerosos registros.

Muitos tipos de doenças da pele têm sido tratados com a aplicação de argila medicinal.  Vários medicamentos usavam argila caulinita, por exemplo, como um remédio tradicional para aliviar dores de estômago.

O caulim também foi usado para tratar a cólera por volta do início do século XX. Substâncias descontinuadas, como caulim e atapulgita, eram anteriormente consideradas demulcentes gástricos e medicamentos para diarreia, até que estudos oficiais do USFDA refutassem essas opiniões.

Mas como algo tão “sujo” ao nosso ver se torna em algo bom para o nosso corpo?

O processo de fabricação de argila para estética e saúde deve ser desenvolvido em local limpo, arejado e os equipamentos utilizados devem estar sempre em bom estado de conservação para evitar a contaminação do produto.

Dois tipos de processamentos de argila podem acontecer: as primárias, que são as argilas criadas devido à decomposição das rochas e que permanecem no local onde se originaram, e as secundárias, que são aquelas partículas levadas pelo vento ou pela corrente de água e depositadas às margens dos rios.

Porém, o excesso de processamento, da mesma forma, pode reduzir o potencial terapêutico da argila.

A argila medicinal está normalmente disponível em lojas de produtos naturais como um pó seco ou em potes em seu estado líquido hidratado, o que é conveniente para uso interno.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR

 

Frequentemente, embalagens quentes são preparadas porque o calor abre os poros da pele e auxilia na interação da argila com o corpo.

Nos spas de saúde europeus, a argila é preparada para uso de várias maneiras, dependendo das tradições de um spa específico, mas normalmente é misturado com turfa e amadurecido em piscinas especiais por alguns meses ou até dois anos.

Tendo em mente o processamento e a composição da argila é importante dizer os seus benefícios.

Ela pode atuar contra a falta de tonicidade, tem ação cicatrizante e inibe o desenvolvimento de bactérias que podem provocar doenças, que vão desde simples infecções, como espinhas, furúnculos e celulites, até infecções graves, como pneumonia e meningite.

A argila tem o importante papel na respiração celular e na transferência de elétrons, isso na hidratação e na síntese das fibras do colágeno. É anti-infecciosa, cicatrizante e antialérgica.

A qualidade, assim como os elementos presentes em cada argila, depende muito da região de onde são extraídas.

Existem vários tipos de argila e cada uma é indicada para uma finalidade específica. Por isso é muito importante conhecer sua composição antes de usar.

A argila é facilmente absorvida pela pele. Tem facilidade para liberar elementos ativos que fazem parte da sua composição.

É um processo físico-químico pela qual as argilas deixam passar moléculas e partículas microscópicas do meio ambiente com o intuito de deslizarem para o interior da pele, este processo é muito útil na fixação das toxinas presentes.

Uma outra vantagem é que por serem produtos naturais e puros, as argilas não degradam o meio ambiente. Elas também são capazes de rejuvenescer a pele, além de fornecer nutrientes importantes para o rosto e o corpo através de seus sais minerais.

São encontradas na natureza em diferentes tipos e cores, além de possuir uma grande variedade de funções. Por conta disso, hoje vamos falar aqui para vocês as melhores argilas para as melhores ocasiões.

  • As argilas verdes, além de proporcionar suporte energético e nutricional, ela é rica em cobre e possui ação anti-inflamatória e pH neutro, sendo altamente benéfica para a pele com acne.
  • As brancas são indicadas para peles sensíveis e desidratadas, a argila branca contém o maior percentual de alumínio e silício, se comparada com as demais, apresentando um pH bastante próximo ao da pele.
  • A rosa é o resultado da mistura da argila branca com a vermelha, a argila rosa apresenta uma ação mais suave sobre a pele.
  • A marrom também é eficaz contra a acne, essa argila promove um efeito rejuvenescedor ao atuar como desinfiltrante, adstringente e desintoxicante.
  • A vermelha é rica em óxido de ferro, cobre e silício, serve para hidratar e prevenir o envelhecimento da pele, além de reduzir medidas e agir como um potente agente antiestresse.

Um estudo da Universidade Federal de Campina Grande concluiu que pela análise da composição química destas argilas é perceptível que elas são ricas em óxidos de silício e alumínio, pois estes óxidos aparecem como majoritários, que se refere tanto ao óxido presente na camada tetraédrica de argilominerais como também a sílica livre, ou seja, mineral acessório, assim também para a alumina.

Este estudo trouxe maior aprofundamento sobre os sistemas de atuação da argila como um todo. Aprofundou-se nas propriedades medicinais e indicação das variadas cores de argila, ampliando o espectro de possibilidades terapêuticas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *