argila rhassoul
Argila Rhassoul: benefícios, usos e onde encontrar
02/07/2021
Quais argilas posso misturar?
Multimasking: a arte de misturar argilas
20/07/2021

Como usar ARGILA EM PÓ no rosto do jeito correto?

argila em pó

A procura por argilas em pó para o rosto cresceu consideravelmente no último ano.

Sem sombra de dúvidas a “culpada” foi a quarentena – muitas pessoas passaram a dar mais atenção aos cuidados com a pele durante esse período.

E isso foi ótimo! Uma das poucas notícias boas de 2020, diga-se de passagem…

As argilas são compostas por diversos minerais que podem oferecer inúmeros benefícios à saúde da pele, como o cálcio, ferro, potássio, sílica, entre outros.

As argilas podem limpar, acalmar, suavizar, esfoliar, cicatrizar, desinflamar, hidratar e até clarear a pele.

Há vários tipos e cores de argila diferentes – cada uma com sua composição e propriedades específicas.

Por exemplo, a argila verde é rica em óxido de ferro e possui uma ação mais secativa e absorvente, por isso é ideal para peles mais oleosas e acneicas.

O único problema com o aumento dessa procura por argila em pó é que, infelizmente, o mesmo não ocorreu com a procura por informações importantes relacionadas a seu uso.

Se você está se perguntando “e qual é o problema?”, é muito provável que faça parte do grupo de pessoas que não sabe como usar argila em pó no rosto do jeito certo.

Parece algo inofensivo, mas usar argila do jeito errado pode não só impedir sua pele de absorver os nutrientes, mas também a danificar.

E não há nada mais frustrante do que investir tempo e dinheiro em um produto e não ver os resultados esperados.

Cansou de aplicar argila e não ver diferença no seu rosto?

Não quer mais jogar dinheiro fora?

á afim de aprender como usar argila em pó no rosto do jeito certo?

Então você clicou no post certo.

Continue a leitura porque vamos te passar 4 dicas valiosíssimas que todo mundo precisa conhecer antes de usar argila em pó no rosto!

Ah, lembrando que essas dicas valem para TODOS os tipos de argila e TODOS os usos para o rosto, beleza?

Agora chega de enrolação e vamos à primeira dica…

1. Antes de utilizar sua argila em pó, deixa-a no sol

Sabemos que é difícil resistir à tentação de usar a argila em pó assim que ela acaba de ser comprada.

Você está ansioso(a) para testar seu produto novo logo, nós entendemos.

Mas antes de usar sua argila em pó para qualquer coisa que seja, é muito importante que você a deixa descansando no sol por um período de 20 a 30 minutos no mínimo.

Isso será muito útil para ativar os componentes da sua argila em pó e potencializar seus efeitos na pele do rosto.

2. A argila em pó pode ser misturada com outras substâncias além da água

argila em pó

A argila em pó deve ser diluída para que você possa aplicá-la no rosto.

E na correria do dia a dia, quanto mais praticidade, melhor, não é mesmo?

É por essa razão que a maioria das pessoas mistura a argila em pó com água.

E não tem problema nenhum em fazer isso – pelo contrário!

A água cumpre muito bem a função de transformar a argila numa pasta a ser aplicada na pele, e ainda é superacessível.

O que queremos aqui é chamar sua atenção para o fato de que misturar argila com outras substâncias não só é possível como também como oferecer diversos benefícios para a saúde da sua pele.

Por exemplo, você pode utilizar um óleo essencial de sua preferência.

Os mais conhecidos são os óleos essenciais de lavanda, melaleuca, alecrim e hortelã-pimenta.

Se preferir, também pode misturar a argila com um hidrolato. Os hidrolatos são como “primos” dos óleos essenciais.

Possuem propriedades terapêuticas, hidratantes, tonificantes e refrescantes e são bastante usados em sessões de aromaterapia.

Veja também: Argila tem prazo de validade?

Quer caprichar na hidratação?

Aposte no gel de aloe vera e, de preferência, combine-o com a argila branca, que possui propriedades hidratantes e é ideal para peles mais sensíveis.

E por último, mas não menos importante, temos o soro fisiológico.

Além de ser ótima para tratar diversas condições, a famosa solução de água com cloreto de sódio também pode oferecer diversos benefícios à saúde da sua pele.

O soro fisiológico pode hidratar e purificar seu rosto, além de diminuir olheiras.

Veja também: Qual argila usar em caso de pele seca? Descubra!

3. Quando o assunto é argila, quanto mais, melhor!

Conhece o ditado “menos é mais”?

Então… ele definitivamente não se aplica aqui.

Não economize na argila em pó, pode exagerar!

Quanto mais grossa for a camada de argila, melhor será a absorção dos nutrientes pela sua pele.

4. Afinal, quando a argila deve ser retirada do rosto?

argila em pó

Essa é provavelmente a dúvida mais comum quando o assunto é argila em pó no rosto.

Algumas pessoas afirmam que o correto é retirar a argila da pele antes que ela seque totalmente.

Outras fazem questão de deixá-la no rosto pela maior quantidade de tempo possível.

Seja porque querem aproveitar ao máximo os benefícios desse minério, ou simplesmente porque acham prazeroso observar a argila craquelando e quebrando no rosto.

Veja também: O guia de cada tipo de argila para o skincare

Mas e aí, qual é o correto?

Para infelicidade de muitos que adoram ver a argila quebrando na pele, o certo é retirá-la do rosto um pouco antes de secar totalmente.

Deixar a argila seca no rosto por muito tempo resulta não só na desidratação da pele, mas também na perda dos nutrientes que ela recebeu enquanto a argila estava úmida.

Na química, esse processo é conhecido como difusão.

Os átomos tendem sempre a querer “balancear os meios”.

Isso significa que os nutrientes sempre irão para o lado que estiver com menos nutrientes.

Ou seja, quando a argila está úmida, eles estão saindo da argila e sendo absorvidos pela sua pele.

Quando ela está seca, acontece o contrário.

É também por essa razão que exagerar na quantidade de argila é tão importante.

Dessa forma, seu tempo de ação na pele é prolongado.

Agora você não tem mais desculpa para usar argila em pó no rosto da maneira errada, né?

Essas 4 dicas podem parecer bobas, mas garantimos que, seguindo todas elas, você sentirá uma grande diferença na sua pele…

O que você achou desse artigo?

Você já conhecia alguma dessas dicas? Conhece alguma outra?

Conta para a gente aqui nos comentários – compartilhe sua opinião e experiência com outros(as) apaixonados(as) por argila!

Maria
Maria
Maria Eduarda é carioca, estudante de Letras e redatora :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *