É possível clarear a virilha com argila branca?
15/06/2021
Conheça os benefícios da argila azul de Ilhabela
24/06/2021

Shampoo de Argila: benefícios e modo de preparo!

Um cabelo bem cuidado é um dos pilares para uma vida saudável. Atualmente, no mercado, há várias opções de tratamentos específicos para determinados problemas.

É difícil ver um salão de beleza vazio, afinal, sempre arrumamos uma brechinha para arrumar nossas madeixas.

Porém, engana-se quem pensa que isso para por aí. É extremamente importante, estender os cuidados para o dia a dia.

E, sabem qual é o melhor? Podemos gastar pouco e em produtos maravilhosos para o nosso couro cabeludo.

A argila já virou um item essencial quando o assunto é beleza. Mas, até então, grande parte das pessoas a utilizavam especificamente para tratar a pele.

Por possuir ação regeneradora, anti-inflamatória e antisséptica, é usada em tratamentos no combate da acne, além de renovar as células corporais e faciais.

Graças à tantos benefícios, a argila passou a ser usada em tratamentos capilares e, mais recentemente, passou a fazer parte de fórmulas de produtos para cabelo, como máscaras de tratamento e condicionadores.

Assim, é o caso do shampoo de argila, que entre tantas funções, auxilia no tratamento da oleosidade capilar.

Relaxa, pós hoje nós iremos explicar tudinho e como prepará-lo em sua casa!

Argila no cabelo? Como assim?!

A argila possui elementos muito eficientes na nutrição e hidratação da pele, como já falamos algumas vezes por aqui. Para o cabelo, a função é basicamente a mesma!

Ela pode devolver a queratina perdida pelos fios danificados, assim como ajuda a purificar e fortalecer o couro cabeludo, fazendo com que os fios não fiquem oleosos.

Com isso, o crescimento passa a ser muito mais saudável, pelo fato de as proteínas serem repostas e o cabelo ter um aspecto selado.

Veja também: Argila tem prazo de validade?

A textura da argila é extremamente benéfica as madeixas.

Isso acontece, pois ela possui grânulos bem finos, o que permite utilizá-la como um esfoliante natural no couro cabeludo, região onde é comum o acúmulo de células mortas.

O ato de esfoliar, por sua vez, funciona como um peeling, já que remove o excesso de impurezas e intensifica a circulação sanguínea e oxigenação da região.

Além de tudo, a argila tem outros benefícios, uma vez que é rica em minerais, como o cálcio, ferro e zinco.

Pode ser usado como a primeira etapa do chamado “detox”, que é um tratamento que consiste em remover o excesso de resíduos dos fios e aumentar o potencial de máscaras de nutrição e hidratação.

A argila verde, por exemplo, tem ação de limpeza. Já a preta é rica em enxofre e trata oleosidade excessiva e queda dos fios.

Então podemos aplicar a argila diretamente no couro cabeludo?

Para quem já usa a argila para cuida da pele, temos ótimas notícias: a mesma também pode ser aplicada diretamente nos fios.

Porém é importante lembrar que deve ser retirada completamente. Logo, é bom caprichar bastante na lavagem, hein?!

Veja também: O guia de cada tipo de argila para o skincare

Qual a melhor argila para o cabelo?

As argilas branca, preta e verde são as mais indicadas para os fios.

A branca é mais leve e suave; a preta, é indicada para quem possui excesso de oleosidade no couro cabeludo e queda dos fios; e a verde, para cabelos normais, que precisam apenas de estimulação no couro, limpeza e tonificação.

O ideal é sempre adquirir as que são orgânicas, por não terem nenhum aditivo químico que possa alterar sua função.

Confira, a seguir, as cores e as funções de cada tipo:

  • Argila amarela: rica em alumínio e silício. Possui ação calmante e regeneradora dos tecidos capilares;
  • Argila branca: rica em alumínio, silício e oligoelementos. Aumenta a oxigenação do couro e regula a produção de queratina e distúrbios que possam vir a ocorrer;
  • Argila cinza: rica em alumínio e silício. Melhora a circulação linfática e sanguínea e controla a queda de cabelo;
  • Argila preta: riquíssima em titânio, alumínio e silício. É considerada rara no mercado. Ativa a circulação, possui ação adstringente, desintoxicante e combate a queda de cabelo provocada pelo envelhecimento;
  • Argila verde: rica em magnésio, manganês, silício e alguns oligoelementos. Esfolia, regula a produção sebácea e possui efeito adstringente e desintoxicante.

Como preparar o shampoo de argila?

É importante destacar que o mais recomendado por especialistas é utilizar o shampoo de argila antes do shampoo tradicional.

Ingredientes para o shampoo de argila:

  • 3 colheres de argila de sua preferência (a branca e a verde são as melhores opções);
  • 3 colheres de alecrim seco
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 3 folhas de hortelã
  • 1 xicara de água

Modo de preparo do shampoo de argila:

Ferva a água e misture o alecrim, a canela e as folhas de hortelã.

Deixe por dez minutos e coe em uma embalagem de sua preferência. Em seguida, adicione a argila até ter uma mistura homogênea, deixe esfriar.

Molhe os fios por completo e aplique no seu couro cabeludo, espalhando até as pontas.

Massageie-o com as pontas dos dedos, em movimentos circulares, sem esfregar.

Enxágue e, em seguida, aplique um shampoo anti-resíduo e prossiga com seus cuidados habituais no cabelo.

O shampoo de argila deve ser usado até duas vezes por semana, ou quando você perceber que os fios estão pesados e sem brilho por causa do acúmulo de produtos finalizadores, como sprays, ceras e pomadas.

Maria
Maria
Maria Eduarda é carioca, estudante de Letras e redatora :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *